OFICINA PRÁTICA DE ROTEIROS DE CURTA-METRAGEM

Voltada para pessoas com pouca ou nenhuma experiência na elaboração de roteiros, a Oficina Prática de Roteiro de Curta-Metragem é um processo criativo em que cada participante aprende a desenvolver seu próprio roteiro audiovisual de curta-metragem, da ideia inicial à formatação final. Para que a dinâmica funcione, porém, você já deve se inscrever com (ao menos) uma ideia para um filme na cabeça.

Pode roteiro de comédia? Pode. E drama? Pode. Ficção científica pós-apocalíptica misturada com musical? Com certeza! A melhor coisa da Oficina é que pode tudo, porque estamos trabalhando com uma ferramenta criativa revolucionária que proporciona orçamento infinito e liberdade absoluta: a escrita. Apenas tenha em mente que o objetivo da Oficina é produzir roteiros com pelo menos cinco e no máximo vinte minutos de duração.Caso você planeje filmar seu roteiro, te ajudaremos a manter sua história dentro do seu orçamento, mas lembre-se de que qualquer coisa é “filmável” dependendo do estilo do filme que você deseja produzir.

 

A princípio vamos focar esforços em roteiros de curta-metragem, um formato audiovisual muito propício à experimentação. Caso sua ideia seja mais apropriada para um longa ou uma série, não se preocupe: vamos te ajudar a desenvolver um teaser, prólogo ou spin-off do projeto, que também funcione como uma obra autônoma.

 

Cronograma e Conteúdo

  • ORIENTAÇÃO PRÉVIA:
    Comunicação por email, realizada nas semanas anteriores ao primeiro encontro, nas quais o mediador ajuda os participantes a escolher uma ideia adequada para desenvolvimento ao longo da Oficina.

  • 1º ENCONTRO:
    Organização das ideias e preparação para a escrita.
    EXPOSIÇÃO: cultivando ideias; diferenças entre longas e curtas; premissa; ideia governante; conflito; personagens; estrutura narrativa; subversão de expectativas; controle da mensagem; escrita voltada para a produção; formatação de roteiros I; o argumento audiovisual.
    1ª Reunião de Orientação Individual

  • 2º ENCONTRO:

    Materialização inicial do roteiro.

    EXPOSIÇÃO: trama e subtrama; ambientação e universo dramático; dinâmicas de cena;

    diálogos; pista e recompensa; ironia dramática; image system; noções de estilo; ritmo e intensidade.

    2ª Reunião de Orientação Individual

  • 3º ENCONTRO:

    A importância da reescrita.

    EXPOSIÇÃO: reescrever, reescrever, reescrever; saindo da zona de conforto; bloqueio criativo e

    disciplina.

    3ª Reunião de Orientação Individual:

  • 4º ENCONTRO:

    Como apresentar seu roteiro.

    EXPOSIÇÃO: sinopses (engenharia reversa); logline; a arte do pitch.

    3ª Reunião de Orientação Individual

  • FESTIVAL DE ROTEIROS:

    Premiação e confraternização.

 
 
Davi Mattos roterista.jpeg

DATA, LOCAL, HORA

DATAS E HORÁRIOS: Em breve.

CARGA-HORÁRIA: 15h – quatro encontros coletivos com 3h de duração (12 horas-aula coletivas)quatro encontros de orientação individual de 45 minutos (3 horas de orientação individual por participante).

LOCAL: Espaço D - CLS 115, Bloco A, Loja 30 - Asa Sul


 

MEDIADOR

Davi Mattos, é um roteirista com mais de dez anos de atuação no mercado audiovisual candango. Suas obras mais relevantes foram feitas em parceria com o diretor Santiago, com quem produziu curtas premiados como “Nada Consta” (Melhor Ficção no 15º Festival de Gramado) e “Ratão” (melhor Filme pelo Júri Popular no 38º Festival de Gramado), o longa-metragem “A Repartição do Tempo” (Menção Especial do Júri no 37º Fantasporto - Portugal) e os telefilmes “Meio Expediente” e “Fuga de Natal” (coproduzidos pela Globo Filmes e exibidos pela Rede Globo).

Entre seus próximos projetos estão dois longas com estreia prevista para 2020,a comédia stoner “O Verão da Lata”, segundo longa em parceria com Dellape, e o documentário “O Refém Cordial”, que será dirigido por Getsemane Silva.